junho 10, 2014

Bliss

Sabem, faz hoje um ano. Um ano que concretizei um dos meus inúmeros sonhos! 
Faz um ano que parti para um concerto sem companhia, acompanhada simplesmente pela minha mochila e pela minha loucura. Comigo levei muito ar nos pulmões, muitas cordas vocais e, essencialmente, a paixão pela música que corre nas minhas veias. Tive muita sorte. Conheci pessoas incríveis numa das filas de espera de quase 3 km, que fizeram questão que eu me juntasse a eles para compartilhar aquela experiência fantástica, que aturaram a minha histeria, a minha voz rouca e as minhas lágrimas sentidas. A eles, um muito obrigada, do fundo do coração!
Voltava a fazer tudo de novo. Partir sozinha, sem medo, mas com a ansiedade a chamar mais alto. Esperar mais de 13 horas para que eles finalmente subissem ao palco. Apanhar com chuva na cabeça. Cantar e gritar até me faltar a voz e o ar. Voltava a fazê-lo de novo. Foram 10 anos de espera. Porra, 10 anos! 
E só de pensar que aquelas duas horas e meia de magia se desvaneceram num ápice e que já passou um ano, só de me recordar disso... dá-me um aperto tão grande no cérebro, na barriga, nos pés e na voz. 
E naquele sítio onde a nostalgia vive.  
Obrigada Matt, por me teres deixado cantar contigo 'Starlight' e por ter aparecido na tela [MUSE - Estádio do Dragão 2013- às 2:05:06h]
Obrigada Chris & Dom pela vossa curta versão de "Dracula Mountain" (dos Lightining Bolt) apenas em baixo e bateria. 
Obrigada MUSE - por terem entrado na minha vida aos 9 anos e por permanecerem comigo. 
MUSE is MUSIC
[ E obrigada Blitz - pela fotografia que tiraste ao nosso grupo fantástico *-* - e que é a foto que abre a página da rubrica deste concerto (acho que os Musers não podiam estar melhor representados :p) ]

14 comentários:

  1. És pois :D É realmente muito bom saber que temos sempre alguém com quem contar!

    Vai correr bem, tenho a certeza! Estou a torcer por ti :)

    Resta-me apenas dizer, que assino por baixo! De facto, não devemos viver para agradar aos outros. Devemos ser felizes, tal e qual como somos, tudo o resto é secundário. Muitas dessas pessoas querem apenas ver-nos no fundo do poço, não estão minimamente preocupados com o nosso bem-estar.

    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  2. Por acaso, agora que li sobre isso no teu blog fiquei com vontade de ir a um concerto sozinha. Deve ser uma experiência fantástica! :)

    ResponderEliminar
  3. belo post;) emocionaste-me pela maneira como conseguiste descrever a tua experiência..conseguiste realizar um desejo.. boa.. querer é poder !!
    vou deixar no meu blog uma musica dos muse só para ti ;)
    beijinhos
    http://beautydemulheremae.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  4. Que lindo *.*
    A sério? Muito obrigada pelo elogio e ainda bem que gostas! Aparece quando quiseres*
    Eu sei que as verdadeiras irão permanecer, eu sei.
    Obrigada pela força <3

    ResponderEliminar
  5. Queria muito ter ido a esse concerto, mas não tinha companhia xDD

    ResponderEliminar
  6. Nem mais, linda! Devemos apenas preocupar-nos com quem se preocupa connosco, o resto é resto e com restos ninguém se importa ;)
    Beijinhos, boneca*

    Como eu te percebo *.* Ele é incrível, é impossível não gostar do que ele faz :)

    ResponderEliminar
  7. ainda bem querida, continua assim então :)

    ResponderEliminar
  8. r: E eu já te sigo, lalala!
    P.s só agora vi que escrevi " já nao se faz MUITA desta..." que na verdade queria dizer musica. Enfim, o meu telemovel acha-se com capacidade para me ler a mente e alterar o que escrevo...ahah

    ResponderEliminar
  9. Que incrivel! Tenho uma amiga que vai sempre sozinha e acaba sempre por fazer amigos lá. A música une sempre as pessoas :p
    R: Obrigadaaaa mesmo (:

    ResponderEliminar
  10. adorooooo muse!
    foste sozinha? omg, que incrível!

    ResponderEliminar